Associação Ibero-americana de Linguística Aplicada (AIALA) - Informe 2021 e chamada evento AESLA

05/11/2021

Associação Ibero-americana de Linguística Aplicada (AIALA) - Informe 2021 e chamada evento AESLA

Informe 2021 e chamada evento AESLA

 

 

A Associação Ibero-americana de Linguística Aplicada (AIALA) foi criada em 2020 para melhor refletir a diversidade linguística global dentro da Associação Internacional de Lingüistas Aplicados (AILA). Eventos sociopolíticos recentes ressaltam a importância de colaboração regional / global e de perspectivas multilíngues em todas as áreas da ciência, especialmente na linguística aplicada a fim de garantir que o conhecimento produzido em diferentes línguas esteja disponível e acessível a um maior número de pessoas. 

 

Ao criar AIALA, reconceitualizamos a associação "regional" da AILA para além da posição física / localização geográfica, focando em laços linguísticos para promover línguas regionais, como espanhol, português e língua (s) minoritária (s) afiliada (s) falada (s) e pesquisada (s) por lingüistas aplicados em todo o mundo. 

 

A AIALA nasceu da colaboração entre as associações nacionais da região AAAL (Estados Unidos), AMLA (México), ALAB (Brasil) e AESLA (Espanha), visando ampliar as possibilidades de colaboração para membros da AILA de países onde não há afiliados nacionais (ainda). Assim, os membros de qualquer uma das associações nacionais vinculados à AILA ou membros individuais da AILA de países onde ainda não há associação nacional já são automaticamente membros da AIALA.

 

Este ano, focamos na apresentação da AIALA nos eventos das associações nacionais AAAL e ALAB e no evento mundial da AILA em Groningen, Holanda.  Em 2022 nosso foco será o envolvimento direto com linguistas aplicados que falam e / ou pesquisam os idiomas afiliados. Para tanto, teremos espaço de reunião em todos os eventos nacionais dos membros fundadores (AAAL, AESLA, AMLA e ALAB) para discutir questões como: (1) Como podemos dar mais visibilidade para a pesquisa de membros da AIALA, especialmente em relação a colegas e pautas sub-representadas; (2) Como conectamos pesquisadores da AIALA com o mundo todo para aprender e trabalhar uns com os outros; (3) Como conduzimos pesquisas colaborativas que tenham impacto além da academia; e (4) Como fazemos isso com atenção especial para garantir que todas as ações da AIALA demonstrem nosso compromisso com a DEIA (diversidade, equidade, inclusão e acesso)? 

 

Antes de nossa primeira reunião na AAAL em março de 2022, os membros fundadores da AIALA terão oportunidade de se reunir para elaborar o estatuto da AIALA. Além disso, estamos em contato com linguistas aplicados no Chile, Paraguai, Colômbia e Argentina para apoiar a criação das associações de linguística aplicada nacionais nesses países. Também estamos buscando conexões com linguistas aplicados dentro e fora da região Ibero-americana no Peru, Goa, Malásia, Moçambique e Angola que trabalhem com Espanhol, Português ou com as línguas minoritárias da AIALA. Nesse sentido, agradecemos se puderem compartilhar os contatos de linguistas aplicados nesses países ou em outros, que trabalhem com as línguas da AIALA. 

 

Como membros da AIALA, gostaríamos de convidá-los a participar dessa conversa em https://aila.info/about/regionalization/aila-ibero-america/ ou enviando um e-mail para as co-organizadoras. 

 

Laura Gurzynski-Weiss, Indiana University, Estados Unidos (lgurzyns@indiana.edu) e

Kyria Finardi, Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil (kyria.finardi@gmail.com)

 

Esperamos contar com vocês nas ações e esforços da AIALA em 2022.

 

Abraço

Kyria e Laura