DISCURSO, EPISTEMOLOGIAS DO SUL E PEDAGOGIAS DECOLONIAIS

04/01/2021

DISCURSO, EPISTEMOLOGIAS DO SUL E PEDAGOGIAS DECOLONIAIS

Organizadores: Luciana Maria Almeida de Freitas (Universidade Federal Fluminense, Brasil) e Maria Paula Meneses (Universidade de Coimbra, Centro de Estudos Sociais / Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique)

Submissões de  02 de janeiro a 01 de março de 2021.

Publicação prevista para setembro de 2021.

Ementa: Discursos sobre educação linguística e formação docente em contextos do Sul Global, com destaque para os países latino-americanos e africanos. Epistemologias do Sul como abordagem pedagógica de luta contra a exclusão e silenciamentos de povos e de culturas colonizadas pela educação hegemônica de matriz eurocêntrica/Norte global. Pedagogias decoloniais e discursos alternativos: ensino, currículo, materiais didáticos, práxis educativa, cultura escolar, políticas públicas educativas. Discursos e educação de grupos socialmente minorizados, especialmente nas dimensões de classe, raça, etnia, gênero, orientação sexual e geração.

Para mais informações, acesse: https://periodicos.uff.br/gragoata/announcement/view/411?fbclid=IwAR27QbjMu5DqNaXOcI6DdKX3l_QxfJKLF592Lmp-z8HBz21JJi99irJ7T8o

DISCURSO, EPISTEMOLOGIAS DO SUL E PEDAGOGIAS DECOLONIAIS